Helena Arcoverde

Já postada

Posted in Poesia by helenarcoverde on 30/05/2012

Azaleia

Ela não se importa com o vento

Nem com a próxima estação

Alheia ao efêmero

Espera o contorno desbotado de si mesma

Sem título

Posted in Poesia by helenarcoverde on 30/05/2012

 Eles não vão embora

Impõem o passado

Evitam o futuro

Quero fugir

Mas eles não deixam

Aproveitam-se do meu amor

Ou do temor de ficar sozinha

Sem título

Posted in Poesia by helenarcoverde on 24/05/2012

Amor vadio

Morda a chance

De ser feliz

O perdão

Posted in Sem categoria by helenarcoverde on 22/05/2012

Helena Arcoverde

“[…]O perdão é apenas um ritual em que não se acredita, mas que se exercita para não se estragar tudo mais ainda[…].”

Pronto

Posted in Sem categoria by helenarcoverde on 17/05/2012

Eu cito, tu citas, ele cita, nós citamos, vós citais, eles citam. Considerações finais.